67 3326-0077

CIRURGIA BUCOMAXILOFACIAL

A Cirurgia Bucomaxilofacial é uma especialidade da Odontologia que trata cirurgicamente as doenças da cavidade bucal e anexos, tais como traumatismos e deformidades faciais (congênitas ou adquiridas), traumas e deformidades dos maxilares e da mandíbula. Dentre as doenças existem os tumores benignos e malignos, os cistos dos maxilares, as provocadas por vírus, fungos e manifestações associadas a doenças sistêmicas como AIDS, tuberculose, sífilis entre outras.

 

As Deformidades Faciais são compreendidas desde as seqüelas de doenças como o câncer, os traumas severos, ou distúrbios do desenvolvimento, como as síndromes ou alterações do desenvolvimento como o prognatismo (aumento dos maxilares), micrognatismo (diminuição dos maxilares) ou a combinação delas.

 

A Cirurgia Bucomaxilofacial é de âmbito ambulatorial ou hospitalar. Nos ambulatórios ou consultórios são exercidas cirurgias menores, na sua grande maioria sob anestesia local, onde são por exemplo removidos dentes inclusos, pequenos tumores benignos, cistos, lesões periapicais ou paradentais, enxertos ósseos de pequena proporção, implantes dentários, cirurgias para adaptações protéticas entre outras. As cirurgias de grande porte são realizadas sob anestesia geral em ambiente hospitalar e demandam maiores cuidados.

São as cirurgias de grandes tumores, fraturas faciais, enxertos ósseos maiores, cirurgias ortognáticas entre outras.

 

Recomendações pós-cirúrgicas:

  • É de extrema importância a colaboração do paciente após o ato cirúrgico;
  • Sem estes cuidados, a cicatrização ou a integração osso-implante pode ficar bastante comprometida.

 

De maneira geral, os cuidados pós-cirúrgicos consistem em:

 

Alimentação:

  • Evite comer nas três primeiras horas após a cirurgia; depois deste período, você deverá ter cautela com a alimentação na primeira semana;
  • Dê preferência aos alimentos semi-líquidos, pastosos e frios, passados pelo liquidificador (sucos de frutas, sopas bem nutridas e mingaus são os mais indicados);
  • Evite mastigar alimentos que possam ferir a área operada;
  • Não faça movimentos de sucção, como tomar líquidos com auxílio de canudos.

 

Higiene bucal:

  • A higienização bucal é extremamente importante para evitar complicações ou infecções pós-cirúrgicas;
  • Após as refeições, escove e lave discretamente a boca, evitando passar a escova no local operado.

 

Cuidados com o local da cirurgia:

  • Aplique nas primeiras 24 horas bolsa de gelo na face, sobre o local operado, durante 10 minutos e com intervalos de meia hora para descanso, começando imediatamente após a cirurgia;
  • Eventualmente, poderá ocorrer sangramento, que será observado na saliva, nas primeiras horas após a cirurgia;
  • Não se preocupe, pois 70% do volume em média são de saliva e somente 30% de sangue;
  • Caso o sangramento seja excessivo ou forme coágulos abundantes, comunique-nos imediatamente.

 

Procedimentos que devem ser evitados:

  • Tocar o local da ferida com os dedos ou qualquer objeto;
  • Colocar a língua sobre a ferida;
  • Fazer bochechos, pelo menos 48 horas após a cirurgia;
  • Expor-se ao Sol em excesso nas primeiras 72 horas após a cirurgia;
  • Realizar esforço físico intenso nos primeiros quatro dias após a cirurgia.

 

Cuidados adicionais:

  • Durante as primeiras horas após a cirurgia, procure manter repouso;
  • Evite falar demasiadamente e deite-se com a cabeça mais elevada que o restante do corpo;
  • O inchaço após a cirurgia é considerado normal;
  • Ele atinge seu pico máximo por aproximadamente 48 horas e geralmente dura até 4 ou 5 dias;
  • Caso ocorra rompimento de sutura (pontos), ou feridas cirúrgicas se abram, comunique-nos imediatamente;
  • Evite fumar no período de recuperação;
  • Siga corretamente as recomendações e tome regularmente as medicações prescritas.